AHM Solution do Brasil

Menu

Supply Chain e Logística: o que é e quais áreas abrange.

Supply Chain e Logística: o que é e quais áreas abrange.

Compartilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Entenda a relação entre Supply Chain e logística e como uma boa gestão da cadeia de suprimentos impacta a sua empresa.

Você sabe a relação entre Supply Chain e logística? Para começar, a tradução livre para português da expressão inglesa Supply Chain corresponde a “cadeia de suprimentos” ou “cadeia de logística”. 

O termo abrange todo o processo logístico de certo produto ou serviço. Ou seja, envolve desde a matéria-prima até a entrega do produto ao consumidor final.

O Supply Chain tem participação de diversos integrantes, como fabricantes, armazéns, fornecedores, varejistas, distribuidores e consumidores. Isso porque ele está presente em diversos processos operacionais.

Dito isso, formulamos este artigo para que players de diversos setores otimizem sua gestão operacional ao implementá-lo em sua empresa. Com uma boa gestão da cadeia de suprimentos, podemos perceber um considerável aumento de satisfação do cliente, além do aprimoramento de resultados e produtividade dos colaboradores.

Continue a leitura para entender o que é, qual a relação entre Supply Chain e logística e quais áreas abrangem.

 

Do conceito à prática:

O meio empresarial e o setor logístico encontram-se cada vez mais competitivos. São inúmeros os desafios que convidam a todos os setores a refletirem como ocorrem seus processos de produção e quais são as soluções cabíveis para otimizar as metodologias e técnicas aplicadas em cada operação. Esse contexto promoveu e popularizou o conceito de Supply Chain.

A gestão da cadeia de suprimentos tem como objetivo principal otimizar a produtividade e alavancar os lucros da empresa. Assim, de maneira geral, a maior atenção é depositada no transporte dos materiais, visto que é uma das operações que mais envolvem custos, caso não tenha uma gestão eficiente.

 

Mas, como ele surgiu?

Apesar de ser uma área recente para o mundo acadêmico, o Supply Chain Management (SCM) esteve presente na história da humanidade a mais tempo do que imaginamos.

Temos como exemplo os períodos de guerra, em que os grandes líderes traçavam estratégias relacionadas à cadeia de suprimentos, como mapeamento da região de combate, análise das fraquezas e oportunidades dos inimigos, formação de alianças, entre outros.

 

Relação entre Supply Chain e logística:

Apesar de terem uma relação próxima, os dois termos não têm o mesmo significado. Em resumo, o termo logística refere-se à integração interna de atividades que abrangem a movimentação de materiais, armazenamento e distribuição.

Em contrapartida, o Supply Chain corresponde à integração externa de atividades que abrangem compra, armazenamento de fornecedores, recebimento, envio para varejistas e distribuição ao consumidor final.

 

Vantagens em aplicar o Supply Chain na sua empresa:

Como dito acima, o Supply Chain é um conceito muito importante para a otimização das operações e ampliação do lucro de grandes players do setor industrial. Veja abaixo algumas vantagens de incorporá-lo na sua empresa:

 

  • Antecipar tendências no setor:

Com o gerenciamento correto de Supply Chain, é possível acompanhar de perto as atividades dos setores e, assim, resolver problemas ou encontrar inovações que ampliem a vantagem competitiva das empresas.

Tendo em vista a transformação digital e o avanço rápido das tecnologias, é possível contar com ferramentas que auxiliam na geração de dados completos a serem analisados e usados como base para tomadas de decisões precisas, como por exemplo o Registrador de Impacto ShockLog® 298. Falaremos mais sobre ele adiante neste artigo. Acompanhe a leitura.

 

  • Otimizar a gestão de estoque:

Uma gestão de estoque eficiente impacta significativamente os resultados da empresa como um todo. A falta de produtos disponíveis ao consumidor final traz prejuízos não só no lucro das empresas, como também na sua imagem. Em contrapartida, o excesso de produtos nos estoques e armazéns também é um fator a ser combatido.

O Supply Chain auxilia na redução de custos de armazenagem, otimizando o giro de estoque e, consequentemente, o capital de giro.

É importante fazer o acompanhamento de avarias. Produtos avariados, além de serem uma dor de cabeça, também impactam significativamente no lucro operacional da sua empresa.

Para solucionar esse problema, a AHM Solution oferece o Indicador de Impacto ShockWatch®. Ele é um dispositivo inviolável colocado no lote da mercadoria, que possibilita a identificação de onde, como e quando aconteceu alguma avaria durante o transporte do seu produto.

Para conhecer essa e outras soluções para minimizar avarias na sua empresa, clique aqui.

 

  • Fortalecer a comunicação entre elos:

A comunicação entre todos os setores e colaboradores é fator primordial para o sucesso de qualquer empresa. Porém, no caso da cadeia de suprimentos, o desafio torna-se maior. Isso porque a comunicação se estende para além da empresa, fazendo necessário um bom relacionamento entre os terceirizados, como fornecedores por exemplo.

Juntos, Supply Chain e logística  são os fatores que possibilitam um acompanhamento preciso na qualidade da entrega e uma forte confiança e parceria entre os setores terceirizados. 

A AHM Solution conta com uma metodologia própria, o Site Assessment, que permite a avaliação de processos e rotinas para ajudar a sua empresa a alcançar objetivos operacionais em inteligência de negócio, visando tomadas de decisão incisivas.

Acesse o site da AHM Solution para saber mais.

 

  • Dados completos para tomadas de decisão consistentes:

O gerenciamento da cadeia de suprimentos promove a geração de dados para avaliar com precisão se a performance de cada operação ocorre de forma adequada e atende os objetivos da empresa.

É importante, também, investir em indicadores de desempenho (conhecidos como KPIs), assim os gestores contam com dados concretos para monitorar processos e controlar a qualidade do serviço e dos fornecedores.

Uma solução que irá te auxiliar em todos os pontos citados acima é o Registrador de Impacto ShockLog® 298.

 

Como a solução ShockLog® 298 impacta players de diversos setores?

A AHM Solution apresenta o ShockLog® 298, o melhor registrador de impacto da classe. Essa solução irá ampliar a eficiência dos processos da sua empresa e auxiliar nas tomadas de decisões e corte de gastos.

Isso porque o ShockLog® 298 ajuda a prevenir o efeito sino, que ocorre quando o tanque de um transformador é submetido a um impacto. Ele permite que as vibrações não prejudiciais ao transformador sejam filtradas, grava e gera gráficos e relatórios e, ainda, possui dashboard em tempo real para que você acompanhe todos esses dados.

 

Modelo de assinatura:

Você pode adquirir o ShockLog® 298, também, por meio do modelo de assinatura da AHM Solution. Ele é um contrato repleto de benefícios para otimizar ainda mais o orçamento da sua empresa. Confira abaixo todas as vantagens:

  • Agilidade no processo de contratação das soluções;
  • Elimina burocracias;
  • Condições de pagamento facilitadas, afinal tem recorrência de utilização;
  • Preço fixado por 12 meses;
  • Contrato válido por 12 meses;
  • Sem custo extra de calibração;
  • Sem custo extra para geração de laudos;
  • Sem custo extra para compra de bateria;
  • Treinamento para interpretar o laudo.

Para saber mais sobre o ShockLog® 298, clique aqui.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para explicar a relação entre Supply Chain e logística e como eles impactam consideravelmente a sua empresa. Ao aplicar todas as informações discorridas aqui, você irá revolucionar a sua empresa e conquistar uma grande vantagem competitiva.

Para conhecer todas as soluções que a AHM Solution oferece, clique aqui.